Ministério da Economia estuda nova proposta de flexibilização de contratos de trabalho

Imagem: Revista Exame / Gabriel Ramos/Getty Images

De acordo com reportagem publicada no site da Revista Exame, o Ministério da Economia já está preparando uma proposta de um novo modelo de flexibilização de contratos de trabalho, frente uma eventual alta no número de desemprego para os meses de julho e agosto.

O foco do novo programa é garantir novas contratações no mercado de trabalho no momento em que a demanda por bens e serviços continuará menor, depois da abertura da economia.

O Ministério da Economia quer contratos mais simples, com menor interferência dos sindicatos, para trazer quem está hoje recebendo o auxílio de R$ 600 para o mercado formal. O “regime especial de combate ao desemprego em massa”, como o ministro tem chamado informalmente o programa, será uma porta de saída para esses trabalhadores hoje excluídos do mercado formal de trabalho. Para isso, o ministro quer desonerar os encargos que as empresas pagam sobre a folha de pagamento.

Leia a notícia completa no site da Revista Exame.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *