Fipe: Trabalhador tem perda salarial em negociações no mês de abril

De acordo com a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), os aumentos salariais desapareceram no mês de abril. O motivo seria a pandemia da COVID-19 e os programas governamentais que permitem a redução de salário e de jornada e a suspensão de contratos. Os dados fazem parte do Boletim Salariômetro.

Imagem: Internet

Em apenas 3,1% das negociações coletivas do mês houve reajuste igual ou maior do que inflação acumulada nos 12 meses anteriores, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). O reajuste mediano de abril foi de -25%, para um INPC acumulado de 3,3%. Ou seja, o reajuste mediano real no mês foi de -28,3%. Em março, a mediana havia apontado que não houve reajuste real.

Leia a notícia completa em G1 ou acesse o Salariômetro da Fipe para saber mais.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *