10 Dicas de Ecommerce para ter bons resultados em 2020

Você sabia que o mercado de ecommerces é um dos mais movimentados e competitivos no Brasil? Apenas no primeiro semestre de 2019 ele já cresceu em 12%. É exatamente por isso que cada vez mais empreendedores vem se interessando em abrir seu próprio negócio e começar a vender produtos online.

Se você está pensando em abrir sua própria loja virtual ou está em busca de dicas de ecommerce para melhorar seus resultados, este artigo é para você. Confira alguns dos principais aspectos e diferenciais que você deve oferecer para se destacar da concorrência e conquistar mais clientes.

1. Utilize uma plataforma profissional

Primeiramente, é importante falarmos sobre a própria estrutura de sua loja virtual. Hoje, criar seu ecommerce não é nem um pouco complicado, tendo em vista que já existem diversas plataformas de ecommerce que podem ajudá-lo a fazer isso dentro de poucos minutos.

Utilizar uma plataforma profissional te ajudará a otimizar diversos aspectos de seu negócio, como:

  • Controle de estoque;
  • Cadastro de produtos e de clientes;
  • Gerenciamento de entregas;
  • Gerenciamento de meios de pagamentos;
  • Certificados de segurança;
  • Entre diversos outros recursos.

Portanto, se você ainda não decidiu por qual plataforma de ecommerce utilizará, confira nossa lista de recomendações.

2. Ofereça atendimento através do chat online

Além de oferecer uma página com design profissional e com todos os recursos que seus clientes esperam encontrar em uma loja virtual, outra excelente dica de ecommerce é investir no atendimento ao cliente e oferecer uma experiência personalizada para cada um de seus visitantes.

Por isso, instale um chat online em sua página e seja capaz de monitorar e abordar visitantes em tempo-real, assim como responder às suas perguntas e resolver problemas sem que precisem buscar por informações em outras fontes.

Hoje, o chat online é considerado o canal de atendimento preferido pelo consumidor digital, como apontam múltiplas estatísticas.

Portanto, não fique para trás de seus concorrentes e seja capaz de conversar com visitantes e aplicar técnicas de vendas enquanto navegam por suas categorias e produtos.

Lembre-se ainda que você pode facilmente instalar o JivoChat gratuitamente em sua página ou plataforma de ecommerce!

3. Foque na fidelização de clientes

Você sabia que o custo de retenção de clientes é de 5 vezes mais barato que o custo de aquisição de novos consumidores em seu ecommerce? Confira alguns dos dados apresentados pela Annexcloud, que reuniu diversas pesquisas sobre o assunto:

  • Um cliente que já comprou em sua loja virtual uma vez tem 60% de chances de realizar uma nova compra. Por outro lado, um novo visitante que ainda não comprou de você têm apenas 20% de chances de fazer a primeira compra;
  • Em média, 20% de toda a base de clientes de um ecommerce é responsável por 80% de sua receita;
  • Apesar de sua importância, apenas ⅔ das empresas investem e priorizam a fidelização de clientes;

Por fim, aumentar suas chances de retenção em apenas 5% pode significar um aumento de até de 25% a 95%, de acordo com uma famosa pesquisa realizada pela Bain & Company.

Sabendo destes números, não poderíamos deixar de falar sobre a importância de fidelizar clientes dentre nossas dicas de ecommerce.

Não existe uma fórmula mágica para reter consumidores, mas existem ações que podem ajudá-lo a atingir este objetivo. Para saber como fidelizar clientes, confira este conteúdo dedicados com 10 técnicas que você pode aplicar em seu negócio.

4. Crie seu funil de vendas

Um funil de vendas é um modelo estratégico que te ajuda a visualizar toda a jornada do cliente de uma forma mais prática e estruturada – além de ajudá-lo a organizar seus processos de vendas e estratégias de marketing utilizando o funil como base.

Portanto, se você ainda não criou seu funil, considere fazer isso o quanto antes para que possa qualificar leads e estruturar sua comunicação para que consiga convertê-los de prospects para leads, e de leads para clientes.

No topo do funil, é necessário investir em ações que auxiliem os próprios clientes a descobrirem e reconhecerem que possuem um problema – e que este pode ser resolvido pelas soluções ou produtos oferecidos pelo seu ecommerce.

No meio do funil, quando visitantes já demonstraram interesse em seus produtos e foram convertidos em leads, é a hora de realizar campanhas e apresentar diferenciais para que possa gerar oportunidades de vendas.

No fundo do funil, finalmente é a hora de bater o martelo e fechar negociações, invista tanto em ações de marketing quanto na apresentação de descontos e aplique técnicas de vendas para tirar o cliente de cima do muro e evitar que o mesmo compre de seus concorrentes.

5. Gerencie o relacionamento com clientes

Gerenciar o relacionamento com seus clientes é uma das dicas de ecommerce que não poderíamos deixar de incluir. Estamos falando de estruturar sua comunicação e utilizar sistemas projetados para ajudá-lo a fazer exatamente isso, como é o caso dos sistemas de CRM (Customer Relationship Management).

Utilizando um CRM em conjunto ao seu funil de vendas, você poderá rastrear ações e atividades de sua equipe de atendimento e vendas, como por exemplo: entrar em contato com o cliente, enviar orçamento, cobrar retorno do cliente, apresentar cupom de desconto, realizar follow up (acompanhamento), enviar avaliação de NPS, entre outras tarefas.

Além disso, CRMs te ajudam a qualificar leads e podem ser integrados às suas plataformas de atendimento ao cliente, como o próprio chat online em sua página.

6. Invista no e-mail marketing

Ainda hoje, o e-mail marketing é um dos melhores canais para enviar promoções e chamar a atenção de seus consumidores. E isso dificilmente irá mudar nos próximos anos. Confira algumas das estatísticas apresentadas pela Rock Content em relação ao e-mail marketing no Brasil:

  • 76.7% das empresas nacionais adotam estratégias de e-mail marketing. Dessas, 91% acreditam em sua eficácia;
  • 94.3% das empresas que não fazem e-mail marketing ainda afirmam querer adotar a estratégia no futuro;
  • 83.2% das empresas que empregam este tipo de estratégia utilizam uma ferramenta de e-mail marketing.

Portanto, invista neste canal e faça envios de Newsletters, promoções, chame atenção para seu programa de fidelidade e outros diferenciais apresentados para que possa reativar clientes e gerar novas oportunidades de clientes.

7. Reforce sua presença nas redes sociais

Assim como o e-mail marketing, as redes sociais também são uma excelente plataforma para engajar seu público-alvo, realizar campanhas de marketing digital (como é o caso do retargeting no Facebook) e fazer com que cada vez mais pessoas conheçam sua marca.

Porém, antes de de simplesmente criar contas e páginas para seu ecommerce nas redes sociais, estude seu público e descubra em qual delas você terá mais chances de engajar.

Para exemplificar, há uma diferença significativa no tipo de conteúdo compartilhado em perfis de negócios no Instagram e páginas de negócios no Facebook.

E claro, lembre-se que ainda é possível investir no marketing de influenciadores para impulsionar sua abrangência em um grupo seleto de clientes.

8. Esteja disponível no mobile

Utilizar smartphones ou tablets para comprar é uma tendência que continuará em crescimento nos próximos anos de acordo com diversos estudos e referências obtidas a partir dos anos anteriores.

Portanto, ter uma página inteiramente responsiva e compatível com dispositivos móveis é uma das dicas de ecommerce mais importantes dessa lista.

Para que tenha referências numéricas, em 2018, ecommerces nos nichos móveis, multicategorias e moda realizaram 46,7%, 42,39% e 37,41% de suas vendas através do mobile, respectivamente, de acordo com o Mundo do Marketing.

9. Planeje seu cronograma anual

Outro aspecto importante para toda loja virtual é planejar o cronograma anual e estruturar as ações e estratégias que serão aplicadas para datas especiais, como é o caso do Black Friday, Natal, Ano Novo, Dia das Mães, Pais, ou essencialmente qualquer outra data pertinente ao seu negócio.

Ecommerces de diferentes nichos podem alavancar datas específicas para impulsionar o reconhecimento de marca e atrair mais visitantes.

Portanto, não deixe para última hora, tenha um planejamento anual para que possa estar preparado quando essas oportunidades de gerar mais vendas online aparecerem.

10. Solicite feedback de seus clientes

Por fim, é muito importante dar voz aos seus consumidores e solicitar feedback para que possam avaliar a qualidade de seus produtos e serviços.

Só assim você poderá identificar problemas o mais rápido possível e realizar ajustes ou correções antes que possam impactar negativamente a experiência de compra online de múltiplos clientes.

Faça pesquisas de satisfação e até mesmo peça que clientes deixem comentários em sua página de produto informando sobre como gostaram da velocidade de entrega, qualidade do produto em si, entre outros fatores.

Siga as dicas de ecommerce e alavanque seus negócios

Esperamos que essas dicas possam ajudá-lo a impulsionar os negócios de seu ecommerce ou a começar com o pé direito sua jornada ao criar e lançar sua loja virtual.

Não se esqueça, colocar seus produtos à venda na internet é apenas o primeiro passo. Para que possa reter visitantes, oferecer atendimento em tempo-real e aumentar suas chances de conversão, instale o JivoChat gratuitamente em sua página e meça seus resultados.

Boas vendas!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *